Apresentação Apresentação Contato Contato Home Page Home
Estatuto Regimento Patronos Fotos e Fatos
Brasil - São Paulo - SP
 


Visitas desde 09/02/2007:


Diretoria Pro-Tempore




“NON OMNIS MORIAR”
Não morrerei por inteiro!

O aforismo idealizado para representar o sentido e pensamento da Academia Paulista de Medicina Veterinária – APAMVET será o seguinte: “non omnis moriar”, cujo significado na última flor do Lácio, como Olavo Bilac – “o Príncipe dos Poetas Brasileiros” denominou o idioma português é “não morrerei por inteiro”.

Com essas orgulhosas palavras Horácio concluiu sua Coletânea de Odes, no ano 20 d.C. certo de que sua obra lhe granjearia a imortalidade poética. A frase, ainda é famosa e citada para representar “status” de notoriedade imorredoura entre poetas e intelectuais de todos os tempos: o de uma obra superar, por sua fama, os limites, aparentemente, intransponíveis da morte de seu autor.

Por extensão esse apotegma, também, tem sido aplicado a quem conquistou notoriedade digna da imortalidade, por outro feito notável – não necessariamente de caráter poético e literário – ou mesmo, banalmente mortal, a propósito da lembrança que alguém ilustre deixou após sua morte.

E-mail.: [email protected]
© APAMVET - 2008
Academia Paulista de Medicina Veterinária
Todos os direitos reservados. all rights reserved
[email protected]
Ensino da Medicina Veterinária e Educação Superior



Novamente o ensino da Universidade de São Paulo consegue a melhor colocação na avaliação da eficiência e qualificação do Ensino oferecido a seus Estudantes.

-----> Ranking Universitário Folha!

19 de janeiro de 2024 às 21h59




Em recente ranking de avaliação da participação ativa de pesquisadores das unidades mundiais de pesquisa houve um destaque para a atuação dos docentes e técnicos pesquisadores da Universidade de São Paulo. É "bom saber" , como diz a apresentação da pesquisa no jornal Virtual da USP, apresentamos para os ilustres Acadêmicos da APAMVET e dos visitadores de nossa página o Artigo: Ranking Internacional de impacto tem mais de 200 cientistas da USP em destaque. Num texto de Michel Sitnik faz-se a apresentação da avaliação realizada pelo Prof. Dr. John P.A. Iaoannidis da Universidade de Stanford (EUA), analisando mais de 85 milhões de publicações científicas de 7.000 editoras.

-----> Vejam os resultados obtidos na publicação anexada!

01 de novembro de 2023 às 21h59



Recente matéria publicada no Jornal da USP destacou o posicionamento da Universidade de São Paulo, no contexto latino-americano do Ensino Universitário Mundial. No resultado dessa avaliação considerou-se a USP como a Universidade de melhor qualificação entre as Universidades Latino-americanas, entre as 1.900 instituições de Ensino Superior avaliadas, nos 108 países participantes dessa avaliação mundial.

-----> A matéria está bem caracterizada e apresentada no artigo anexado!

05 de outubro de 2023 às 21h59



RTF-1 Confirma que Curso de Pós-graduação não equivale a título de Especialidade Médica (Medicina Veterinária por extensão). Realmente se confirma que os títulos de especialistas devem ser atribuídos por Entidades Profissionais que recebem este aval pelos respectivos Conselhos Profissionais! Creio que o conhecimento do parecer definitivo, aprovado pelo RTF-1 permitirá a perfeita elucidação que houve na nossa Nobre Profissão de que esse título profissional pudesse ser atribuído por Cursos de aprimoramento Universitário oferecido por algumas Instituição de Ensino Superior ou por "cursinhos" de fim de semana, oferecidos por alguns agrupamentos profissionais.

-----> TRF-1 Confirma que curso de pós-graduação não equivale a título de especialidade médica!

06 de Agosto de 2023 às 21h59



A Faculdade Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo (FMVZ/USP), mantendo seu pioneirismo e ideais de objetiva participação na evolução do ensino e das práticas objetivas deda nossa “nobre profissão”, novamente atua objetivamente na modernização do exercício de suas atividades e funções. E, atendendo aos padrões internacionais de biossegurança, elaborou um manual com as necessárias informações e recomendações para a proteção individual e social de sua comunidade. O manual, recentemente publicado reúne normas e leis de biossegurança vigentes no País, com objetivo de proteger a saúde humana, animal e do meio ambiente. A informação que ora e apresentada na página da APAMVET [www.apamvet.com] deve ser lida com atenção, não deixando de acessar os links, que darão a visão geral do Manual, podendo ser copiado ou impresso para bem guardá-lo.

-----> Acesse ao link: Manual de Biossegurança FMVZ-USP...

30 de junho de 2023 às 21h59



A USP subiu 14 posições na classificação internacional - SCImago Institutions Rankings (SIR), ranking espanhol anual elaborado pelo laboratório de pesquisa SCImago Lab, ligado ao Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC).Este ranking, divulgado no dia 14 de abril, avalia instituições de ensino superior e de pesquisa classificando-as por um indicador composto que combina três conjuntos diferentes de métricas com base no desempenho em pesquisa, resultados de inovação e impacto social medido por sua visibilidade na web.

Nesta edição, foram avaliadas mais de 7.500 instituições do mundo todo.

No ranking latino-americano, a segunda colocação foi ocupada pelo Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas, da Argentina, seguida pela Universidade Nacional Autônoma do México, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Uma das novidades do ranking da SCImago deste ano foi a classificação em 19 diferentes áreas do conhecimento. Nesse ranqueamento, a USP teve quatro cursos classificados entre os dez melhores do mundo – Agricultura e Ciências Biológicas, Odontologia, Farmacologia, Toxicologia e Ciências Farmacêuticas e Medicina Veterinária –, sendo a área de Odontologia considerada a melhor entre todos os cursos avaliados, ocupando a primeira posição na classificação mundial dentre as quase 700 instituições ranqueadas. A diferença para a Medicina Veterinária da USP foi a obtenção da 2ª classificação no Mundo, enquanto nossa Odontologia obteve também a 1ª colocação

-----> Para mais informações clique aqui...

22 de abril de 2021 às 21h59



Nesse momento devo agradecer o apoio que recebi de inúmeros colegas e amigos da era dos “octogenários” para continuar minha jornada em prol de nossa amada Medicina Veterinária.

Mas, já de saída, tive a primeira conclusão eu “jamais serei um jornalista ou um repórter”, continuarei, apenas um contador de “causos” ou manterei meu élan de professor com muita imaginação e pesquisador de fatos passados de minha vida e da atividade profissional. Assim, não consigo me esquecer velho Mestre Prof. Dr. Romeu Diniz Lamounier, no meu aprendizado de docência [eu realmente era um Assistente, pois assistia todas as aulas teóricas dele e do estimado amigo e Livre Docente Prof. Dr. Paulo de Carvalho Pereira!]. Ele sempre me dizia e o Paulo concordava, depois de quase cinco anos de aprendizado, quando inovava, em algumas afirmações nas explanações teóricas na área de Semiologia e Clínica de Bovinos: "Uai – ele era mineiro! Onde você achou isso?” Como sempre achei que um bom professor, deveria ter muito conhecimento e imaginação para o preparo de suas aulas teóricas e, principalmente, das aulas práticas – as questões eram frequentes. Então eu, hierárquico como sempre, tinha que trazer a confirmação do fato, com a literatura pertinente, comprovar o que tinha dito... O tempo passou e tornei-me um Professor titulado como tal – e imaginava, meus assistentes ou colegas mais novos vão me explicar tudinho que afirmarem como novidade em suas aulas! Ledo engano, passei todo o meu tempo de docência, explicando e comprovando aos novatos o que estava dizendo ou fazendo... “Vida de professor” idealista, formar alguém que o supere, creio que consegui isso algumas vezes. Pois, realmente tenho alguns seguidores, distribuídos por várias Regiões do Brasil, principalmente no Nordeste – onde trabalhei por longos períodos. Só que meus diletos discípulos eram mais “falantes” do que eu, que sempre gostei mais de escrever do que falar!

O velho Mestre sempre me dizia: “você escreve muito, escreve sobre tudo - até sobre peixes de aquário”! Mas isso é outra história, que depois lhes conto. Depois deste pequeno preâmbulo, vou transmitir aos estimados Confrades algumas manifestações que apresentei sobre o tema que, atualmente voltou a circular em nossas comunidades sobre o ensino da nossa Nobre Profissão e da atual proliferação de Cursos Superiores de Medicina Veterinária. Assim sendo, enviarei os arquivos que apresentei como membro de várias Comissões relacionadas à Educação Superior, principalmente, à nossa profissão. Oportunamente, darei destaque a legislação pertinente e os embates de nossos Órgãos Representativos contra a situação degradante do Ensino Superior no País. Pois para firmar qualquer posição, deve-se ter conhecimento das fases da evolução do ensino e conhecer a legislação que iniciou a legalização da Educação numa determinada área do conhecimento humano. Assim, deixaremos de lado a expressão: “precisa fechar ou não deixar criar mais ou simplesmente basta mudar o Currículo”, referindo-se a Cursos Superiores aprovados pelo Ministério da Educação. Devemos entender os significados exatos dos termos: Educação e Ensino.

Informações detalhadas nos links:

-> 1) - Veterinária- uma profissão moderna, abrangente e dinâmica;

-> 2) - Contribuição para o Seminário sobre o Ensino de Veterinária no Brasil - Promoção ABRAMVET e SNA;

-> 3) - O Ensino da Medicina Veterinária – contemporaneidade e perspectivas;

-> 4) - Evolução do Ensino da Medicina Veterinária no Brasil.

22 de dezembro de 2020 às 21h59



O Ensino a distância é nova realidade para professores de graduação da US, pois os Docentes da Universidade contam com plataformas para organização dos cursos e produção de vídeo-aulas, sendo a frequência dos alunos computada no ambiente virtual.

-----> Mais informações acessando o link: Ensino a distância - nova realidade para professores de graduação da USP

27 de março de 2020 às 21h59



A Classe Veterinária Paulista está feliz ao analisar a matéria que constou da edição 2020 do Ranking das Universidades das Economias Emergentes, divulgado hoje, dia 18 de fevereiro, pela consultoria britânica de educação superior Times Higher Education (THE). Nesta edição constou o resultado da avaliação do sistema de Ensino Superior nos países de economia emergente, num total de 533 Instituições de Ensino Superior, de 47 países considerados emergentes: as universidades chinesas dominaram o ranking, com sete instituições entre as dez melhores, continuando a USP numa posição de destaque – 14ª posição. Apesar de todas as dificuldades atuais do Estado de São Paulo, como também do Brasil a Universitária, incluindo suas duas Faculdades de Medicina Veterinária, ganhou um a posição, em relação à avaliação anterior, quando ocupava a 15ª posição do Ranking das Universidades das Economias Emergentes.

Ao todo, 46 universidades brasileiras entraram na classificação. As mais bem colocadas foram a USP, em 14º lugar; a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em 55º; e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), em 88º.

-----> Vejam maiores informações no link: “USP é a 14ª melhor universidade em ranking de países emergentes”.

09 de março de 2020 às 21h59



O ano de 2019 certamente entrará para a história das universidades estaduais paulistas como aquele em que USP, Unicamp e Unesp foram protagonistas de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), para averiguar “possíveis irregularidades na gestão das três instituições”.

-----> CPI - Alesp averiguar “possíveis irregularidades na gestão das três instituições estaduais de São Paulo"

20 de fevereiro de 2020 às 21h59



Para a ciência dos ilustres confrades, a pagina da APAMVET apresenta a Publicação do Diário Oficial de 16 de agosto de 2019 a transcrição original da Resolução nº 3 de 15 de agosto de 2019 da Câmara de Educação Superior /-CES do Conselho Nacional de Educação/CNE do Ministério da Educação/MEC, Instituindo as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina Veterinária. Esta apresentação de novas Diretrizes do Ensino de nossa Profissão foi resultante de intenso trabalho conduzido pela Comissão Nacional de Ensino da Medicina Veterinária do Conselho Federal de Medicina Veterinária / CNEMV do CFMV. Após 4 anos de constante interação com Órgãos do MEC, os valorosos Colegas da Comissão de Ensino do Conselho Federal viram seus anseios se tornarem numa realidade. A Classe Veterinária Brasileira, especialmente seu Educadores estão muito felizes com os resultados obtidos.

Parabéns à gestão de nosso CFMV e, particularmente aos colegas da Comissão Nacional de Ensino do Conselho Federal

-----> Novas Diretrizes do Ensino da Medicina Veterinária.

27 de agosto de 2019 às 21h59



O ensino de Medicina Veterinária no estado de São Paulo e festejou no dia 27 de junho de 2019 seu CENTENÁRIO, com belíssima festa realizada no Centro Cultural da Universidade de São Paulo, com a presença de ilustres autoridades da USP: com destaque à presença do Magnífico Reitor - Prof. Dr. Vahan Agopyan, do Pró-reitor de Graduação e do ilustre Diretor da FMVZ - José Antonio Vizintin, além de outros preclaros Ex-diretores das Faculdade. Na oportunidade a Academia Paulista de Medicina Veterinária foi homenageada recebendo a Estatueta representativa da Minerva - Símbolo de nossa Faculdade. Na festividade estiveram presentes oito Acadêmicos da APAMVET, seis dos quais agraciados com a Estatueta da Minerva, por terem sido Ex-diretores da FMVZ/USP ou por serem os mais antigos docentes dos Departamentos da Faculdade.

As festividades ocorreram num momento muito significativo da nossa prestigiada Universidade de São Paulo, quando recebemos a noticia do Jornal Virtual da USP, destacando: USP sobe 50 posições e está entre as 150 melhores universidade do mundo ( Classificada no grupo 101-150, a USP é a melhor universidade da Ibero-América no ranking de Xangai).

Nessa classificação, a USP figura entre as 50 melhores instituições do mundo em cinco áreas de concentração: estando as Ciências Veterinárias - representadas por seus Cursos de Medicina Veterinária na 25ª posição.

Ficou bem claro que as atividades dos Corpos docente e discente, muito produziram nesses 100 anos de Existência da nossa Faculdade, para que tal êxito fosse continuadamente alcançado. A Eles, ilustres Professores , e ao Pessoal Administrativo e Técnicos efusivos votos de parabéns e almejo de futuros sucessos.

-----> Leiam a noticia informativa acessando ao link USP sobe 50 posições e está entre as 150 melhores universidade do mundo. Com possibilidades de acessar os rankings totais.

27 de agosto de 2019 às 21h59



Prezados Confrades

Para facilidade de visualização e de leitura, o assunto será apresentado em arquivos anexados. O tema é atual e fundamental para o Ensino da Veterinária e mesmo para o exercício profissional. Na apresentação divagaremos do atualíssimo problema que temos em nossa profissão e refere-se ao sistema de Educação a Distância, recentemente aprovado pelo MEC, para aplicação no Ensino da Medicina Veterinária. Assunto assumido, como fundamental - tanto pelo sistema CFMV/CR's, como pelas Academias: Abramvet /Academia Brasileira de Medicina Veterinária e APAMVET/Academia Paulista de Medicina Veterinária. A seguir passaremos para um problema que está aparecendo, no momento e preocupando as Classes das Profissões legalmente regulamentadas. Seguramente ele surgiu quando o Ministro da Economia apresentou à Câmara Federal, como uma PEC (Projeto de Alteração da Constituição) a alteração das funções e atuações dos Conselhos de Classes legalmente regulamentadas. Decisão que provocou imediatas manifestações contraria dos Conselho. Em algum local dessa apresentação, se faz menção a proposta de abaixo-assinado, que os gestores apresentam, para ser assinado pelos profissionais em favor à PEC108/2019 [fato que se apresenta, no meu entender como um engodo). Finalizando, destaca-se, com a apresentação da Resolução do MEC que permitira que Faculdades Privadas façam o reconhecimento de diplomas obtidos no exterior.

Por considerar a necessidade que defendamos, com ardor e conhecimentos, as conquistas já alcançadas, recomenda-se que os arquivos anexados sejam lidos e se medite sobre as questões apresentadas



-----> Apamvet divulga - Pec 108

-----> Abramvet reunião com o MEC

-----> Entidades reagem a fim de adesão a conselho de classe

-----> MEC deve autorizar faculdade privada a validar diploma médico obtido no exterior

01 de agosto de 2019 às 21h59



O Magnífico Reitor da Universidade de São Paulo, Professor Doutor Vahan Agopyan, nos festejos comemorativos dos 85 anos de criação da Paulista Universidade, resgata a memória da criação dessa magnifica Instituição de Educação Superior de Pesquisa e Prestadora de Serviços Sociais.

Nesse momento oportuno, em que se comemoram os 85 anos da implantação da Universidade de São Paulo, o Reitor Professor Doutor Vahan Agopyan resgata a memória da criação da Universidade, falando sobre as mudanças ocorridas ao longo destas mais de oito décadas e comentando as perspectivas para os próximos anos. Confira nos cinco vídeos anexados, os temas em destaque.

Os aspectos históricos e políticos da fundação da Universidade de São Paulo suas peculiaridades e desafios mereceram os destaques nos seguintes aspectos:

1)As características da USP e a resposta às demandas da sociedade para o ensino público e gratuito, a partir de recursos públicos como o principal fomento das Universidades de Pesquisa.

2)A Universidade no mundo a partir da internacionalização como ferramenta para a qualificação e a relevância do ensino e da pesquisa conjunta.

3)Todos esses conceitos sob o impacto da autonomia financeira e administrativa, no desenvolvimento da Universidade de São Paulo.

-----> Não esqueça de acompanhar a entrevista do Magifico Reitor Professor Doutor Vahan Agopyan nos Vídeos anexados

01 de fevereiro de 2019 às 21h59



Em 2.018, a Universidade de São Paulo/USP foi considerada a melhor universidade pública do ano, segundo Guia do Estudante, da Editora Abril. O “Prêmio Melhores Universidades” é conferido anualmente, com base na avaliação da publicação. A USP venceu na categoria “Universidade do Ano – Escolas Públicas”.

No ranking “Melhores por Área de Conhecimento – Instituição Pública”, a Universidade arrebatou sete dos oito prêmios nas áreas de Administração, Negócios e Serviços; Arte e Design; Ciências Biológicas e da Terra; Ciências Exatas e Informática; Comunicação e Informação; Engenharia e Produção; e Saúde e Bem-Estar.

Os dois Cursos de Medicina Veterinária da Universidade de São Paulo, tanto o do Campus de São Paulo – Armando de Salles Oliveira, como o do Campus de Pirassununga – Fernando Costa foram avaliados com o grau máximo = 5.

-----> Vejam os resultados completos na notícia no Informativo eletrônico da USP, clicando o link:(USP é a melhor universidade pública do ano, segundo Guia do Estudante.)

21 de dezembro de 2018 às 21h59



Existem nova informações para aqueles colegas que se dedicam ao estudo das avaliações das atividades desenvolvidas pelas Universidades e consideram os seus méritos. É bem conhecido que existem vários métodos e sistemas de avaliações do desempenho das Universidades. No momento cabe destacar o Critério de Avaliação pelo índice de empregabilidade dos seus graduandos. Considerado esse parâmetro de avaliação a USP foi a Instituição de Ensino Superior da América Latina mais bem colocada no Global University Employability Ranking 2018, que classificou as 150 instituições de Ensino Superior que formam os profissionais mais procurados pelos empregadores.

Apesar de todas as dificuldades do ano de 2017 a Universidade de São Paulo apresentou um bom desempenho em dois rankings internacionais: o US News e o QS. Assim sendo, a Universidade de São Paulo manteve num bom nível de Excelência da Educação Superior no Estado de São Paulo, sendo de destacar que os maiores méritos desse desempenho devem ser atribuídos à qualidade e dedicação do Corpo Docente da Universidade, no Ensino, na Pesquisa e do relacionamento internacional.

-----> Leia mais acessando o link

29 de novembro de 2018 às 21h59


O jornal virtual da Universidade de São Paulo, em sua recente apresentação publicou informações sobre os últimos Rankings avaliadores de Universidades Mundiais, com realces às áreas de conhecimento – formadoras de Cursos e Faculdades. Apreciem essas informações acessando o link:

-----> [Ranking de Universidades, destaque para a USP]

11 de novembro de 2018 às 21h59


Existem nova informações para aqueles colegas que se dedicam ao estudo das avaliações das atividades desenvolvidas pelas Universidades e consideram os seus méritos. É bem conhecido que existem vários métodos e sistemas de avaliações do desempenho das Universidades No momento cabe destacar no Ranking divulgado pela Publicação Britânica "Times Higher Education", listando as mil melhores Universidades do Mundo. Segundo a opinião do especialista no assunto - Phil Baty Diretor Editorial da Publicação vê um quadro sombrio para a situação do Ensino Superior do Brasil, apesar do MEC negar que tenha havido corte do orçamento programado para o a Educação Superior do País.

Apesar de todas as dificuldades do ano de 2017 as Universidades Estaduais de São Paulo mantiveram um bom desempenho e a Universidade de São Paulo manteve num bom nível de Excelência da Educação Superior no Estado de São Paulo, sendo de destacar que os maiores méritos desse desempenho devem ser atribuídos à qualidade e dedicação do Corpo Docente a USP no Ensino, na Pesquisa e do relacionamento internacional.

-----> Vejam outras informações no link: Em queda, País tem 15 universidades entre as melhores...

01 de outubro de 2018 às 21h59


As Instituições de Ensino Superior (IES) interessadas em participar do segundo ciclo do Sistema Acreditação do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) , pois está previsto o lançamento do edital em 31 de julho. A noticia foi veiculada no Informativo Online do CRMV-RS (Edição nº 827 de 04-07-2018 a 10-07-2018). Isto terá maior repercussão pois o lançamento dessa programação ocorrerá durante a realização do Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Educação da Medicina Veterinária, em Brasília.

-----> outras informações podem ser acessadas clicando o Link : O Conselho Federal de Medicina Veterinária/CFMV, em breve iniciará o Segundo ciclo de Acreditação dos cursos de Medicina Veterinária ...

16 de julho de 2018 às 21h59


Informação do Jornal da USP mostra como se pode obter a Dupla titulação [na USP e numa Universidade estrangeira conveniada]. Em 2017 80 pós-graduandos da USP alcançaram essa dupla diplomação, com Bolsa de Doutorado Sanduíche.

-----> Vejam os detalhes acessando o Link: Dupla titulação é o caminho para dois Diplomas de Pós-graduação...

20 de maio de 2018 às 21h59


Aos que se dedicam ao estudo das atividades das Universidades e do desempenhos das suas Unidades de Ensino Superior, frequentemente se defrontam com o vários sistemas de avaliações. E, evidentemente nos, os resultados são diferentes, por que têm como base sistemas específicos e individualizados.

Assim sendo, apresentamos os resultados de avaliações de inúmeras Universidades representativas de Países de vários continentes. Os sistemas de avaliações e resultados são apresentados de acordo com as normas das Entidades que se dedicam a esse tipo de avaliação. Os modelos e sistemas de avaliação são especificados, destacando-se os resultados obtidos pela Universidade de São Paulo, e quando foro caso também das Faculdades de Veterinária de nosso País.

-----> Avaliações da Universidade de São Paulo - uma das mais conceituada da América Latina...

29 de novembro de 2017 às 21h59


Homenagem da Universidade de São Paulo a seu excelente Corpo Docente, com comentário do Presidente da APAMVET.

-----> Clique aqui para maiores informações...

19 de outubro de 2017 às 20h59


O recente comunicado do "Newsletter da Assessoria de Imprensa da USP" divulgou os resultados da avaliação dos Cursos de Graduação Superior do Brasil e nessa avaliação realizada pela Editora Abril, os dois Cursos de Veterinária da USP [Campus Universitário Armando de Salles Oliveira - São Paulo/SP e do Campus Universitário Fernando Costa - Pirassununga/SP] tiveram excelente classificação - obtendo os cinco pontos, que caracterizam a melhor nota.

Para chegar as conclusões consideradas o Guia do Estudante, analisou 141 Curso de Graduação Superior da Universidade de São Paulo, dos quais 121 foram classificados com cinco estrelas, considerada a nota máxima. O resultado completo da análise será publicado no Guia do Estudante Profissões Vestibular 2018, à disposição dos leitores nas bancas de Revistas e Jornais,a partir do dia 16 de outubro.

-----> Leiam o link anexado: Os cursos de Veterinária bem avaliados no Guia do Estudante...


-----> Clique aqui para conferir a lista completa dos cursos avaliados...

06 de setembro de 2017 às 19h59


No momento o assunto de nossa Classe Profissional e dos Acadêmicos da APAMVET relaciona-se ao Ensino Graduação Superior de Medicina Veterinária, variando seus temas desde a pendenga da criação de Cursos a Distância – EaD da Veterinária, até as dificuldades que assola os destinos e rumos da Universidade de São Paulo. No trajeto e discorrer de problemas, vai se passando de forma superficial, e às vezes ate se aprofundando nas mazelas da produção e comercialização da carne de consumo nacional ou na sua exportação. Assim sendo, para que a Classe Veterinária tenha conhecimento da problemática do controle financeiro e funcional da Universidade de São Paulo, Instituição que ainda ocupa a primeira posição entre as congêneres Latino-Americanas [com a FMVZ/USP ocupando a 38ª posição entre os cursos de Veterinária distribuídas pelas nações de todos os continentes].

Recomendo que leiam as notícias apresentadas com muita atenção e meditem sobre os conceitos apresentados, não dispensando a abertura de outras notícias relacionadas ao assunto e mencionadas no texto.

-----> Leiam e divulguem as informações...

25 de março de 2017 às 20h33


Ao se considerar a atual situação do Ensino de Graduação Superior em Medicina Veterinária, ensino que sofreu uma considerável explosão numérica desses Cursos nas últimas décadas>: 192 cursos no Brasil, com no Brasil (192 no Brasil) e, particularmente, no Estado de São Paulo onde se registram 27,6% desses Cursos de Graduação Superior, devidamente aprovados pelo MEC (53 registrados nas estatísticas do CFMV). Tal magnitude numérica de Instituições de Ensino Superior, não encontra à disposição um número adequado de professores bem formados para se atingir a desejada excelência da Educação Superior. Pois de acordo com normas do MEC o Ensino de Graduação deve obedecer aos ditames bem caracterizados, para a Medicina Veterinária na Resolução CNE/CES nº 1, de 18 de fevereiro de 2003, que instituiu em seu Art. 1º “as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Medicina Veterinária das Instituições do Sistema de Ensino Superior”. No texto legal foi determinado que os conteúdos essenciais para o Curso de Graduação em Medicina Veterinária devem levar em conta a formação generalista do profissional. Assim sendo, é logico que o ensino deve suprir todas as matérias que são de responsabilidade do profissional da Medicina Veterinária e especificadas na lei Lei nº 5.517, de 23 de outubro de 1968 que em seu Art. 1º caracteriza que o exercício da profissão de médico-veterinário obedecerá às disposições da presente lei e, que no Art. 5º. Estabelece a competência privativa do médico veterinário o exercício de inúmeras atividades e funções a cargo da União, dos Estados, dos Municípios, dos Territórios Federais, entidades autárquicas, paraestatais e de economia mista e particulares. Assim seno só se formara na nossa profissão que estudar e tiver sucessos nas aulas de todas as matérias definidas nas Diretrizes Curriculares Nacionais aprovadas pela Resolução CNE/CES nº 1/18/02/2003.

Todavia, atualmente os estudantes preparados para o ingresso nas Faculdades de Medicina Veterinária são estimulados pela propaganda de Instituições de Ensino Superior, que prometem a formação em áreas especializadas, quase sempre representadas pela graduação do Veterinário em apenas uma espécie animal, em detrimento do aprendizado em matérias fundamentais para o exercício profissional. O sistema CFMV/CRMVs têm sistematicamente se colocado contra essas maléficas atitudes, objetivando sempre uma Educação Superior que gradue excelentes profissionais para o atendimento da sociedade.

Assim sendo, endossamos e apoiamos a posição tomada pela Presidência do CFMV no vídeo que anexamos a essa notificação.

-----> Video do youtube - com amanifestação do Presidente do CFMV...

13 de março de 2017 às 19h33


Eis mais uma noticia que demonstra a contrariedade da Classe Veterinária e suas Entidades representativas em abominarem as decisões emanadas do MEC e das Instituições de Ensino Superior para implantarem no Brasil a Educação a Distância EaD no Ensino Superior de Graduação em Medicina Veterinária.

Apoiem essas decisões e divulguem as decisões tomadas pelo sistema CFMV/CRMVs contra a eventual possibilidade dessa implantação devastadora para a Medicina Veterinária.

-----> Leiam mais acessando o Link...

05 de março de 2017 às 20h33


A necessidade de se discutir e difundir conceitos do ensino de graduação em Medicina Veterinária e o esclarecimento de conceitos fundamentais da Educação Superior no Brasil ficou claro e bem fundamentado durante a reunião plenária realizada sob os auspícios do CRMV-SP no último dia 31 de agosto de 2016. Pois, durante a realização da Reunião de Entidades de Classe da Medicina Veterinária e Zootecnia, sessão inclusa na 15ª Edição da Pet South América, no debate sequencial à Palestra do ilustre Presidente do Conselho Regional – Med. Vet. Mário Eduardo Pulga, ficou aparentemente esclarecido que o fulcro de inúmeras questiúnculas que assolas as atividades profissional dos Veterinários estão embasadas na problemática do Ensino de Graduação da Profissão e nas deficiências do Ensino e da formação profissional dos graduados.

Para marcar de forma bem definida a nossa nova empreitada divulgaremos, um boa noticia, veiculada pela imprensa [jornal O Estado de São Paulo] e disseminada pela mídia eletrônica e apresentando ao novo “ranking” das Universidades 2016, apresentado pelo QS World University:

No QS World University Ranking 2016, a USP pulou 23 posições e figura na 120ª colocação. Mas, pelo 2º ano consecutivo, segue atrás da Universidade de Buenos Aires. [Ana Carolina Moreno, do G1 / 05/09/2016]

USP sobe e alcança sua melhor posição na história de ranking mundial

Depois de dois anos consecutivos de quedas, a Universidade de São Paulo (USP) pulou 23 posições e atingiu uma colocação recorde na edição de 2016 do QS World University Ranking, divulgado na tarde desta segunda-feira (05/09/20167).

O ranking internacional listou, neste ano, as 916 melhores instituições de ensino superior do mundo. A Universidade de São Paulo (USP), que mantém o posto de melhor universidade brasileira, ficou na 120ª posição.

Pelo quinto ano consecutivo, a melhor universidade do mundo, segundo o QS, é o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês)

-----> Leiam mais acessando o Link – USP sobe 23 posições em ranking das melhores universidades

09 de setembro de 2016 às 21h33






 
Home | Apresentação | Administração | Eventos | Academicos | A Profissão | Academia Brasileira | Publicações | Contato